Oficina

timthumb4

Chloé Pais começou por estudar arquitectura, mas a necessidade de trabalhar directamente com os materiais e a construção levaram-na a interromper o curso e a inscrever-se no Instituto de Artes e Ofícios (IAO) da Fundação Ricardo Espírito Santo, em 2003. Antes disso, a sua relação com a marcenaria remontava para o tempo em que o seu bisavô construía carros de bombeiros em madeira.

Chloé especializou-se em marcenaria e embutidos e criou, em 2007, o Atelier de São Vicente . Instalou-se inicialmente na Rua de São Vicente, e ocupa agora uma Oficina na Rua de São Mamede ao caldas. Têm feito, além de restauro, desenho e construção de peças originais.

Colaboram ainda em projectos de arquitectura e design, tendo participado na Experimenta Design 2013 com o projecto “Daxophone”, um instrumento musical de madeira que construíram a partir dos desenhos que o seu criador Hans Reichel publicou nos anos 80.

Operating since 2007, ATELIER SÃO VICENTE is specialized in joinery and embedded. In addition to restoration, it has performed the design and construction of original pieces and collaborated in architecture and design projects. It participated in Experimenta Design 2013 with the project “Daxophone”, a reinterpretation of the musical instrument made of wood, built from the drawings that his creator, Hans Reichel, published in the 80s. Currently it also develops scenography work. ATELIER SÃO VICENTE was founded and is managed by Chloé Pais and since 2016 counts with the collaboration of the architect Mariella Gentile.

Aberta desde: 2007
Área: cerca de 85m2